terça-feira, 28 de setembro de 2021

Conforme Previsto, Piso Do Magistério Cresce E Reajuste Será De 31,3% Em Janeiro De 2022

Aumento se deve a incrementos nas receitas de impostos e majoração nos recursos do novo Fundeb. Correção está garantida na Lei 11.738/2008 e em Portaria assinada pelos ministros Milton Ribeiro e Paulo Guedes, da Educação e Economia, respectivamente.

Foto: aplicativo Canva

Por SECOM FETRAMTerça-Feira, 28 De Setembro De 2021 | 11h00m

FacebookTwitterWhatsApp Com informações do site da FETRAM

O piso do magistério não foi reajustado em 2021. Essa correção de 31% para 2022 ajudará a amenizar essa perda e também a inflação, que está bem alta. 

Conforme já era previsto o piso do magistério cresceu e o reajuste previsto para janeiro de 2022 é de 31,3%. A estimativa anterior era de 12,5%.

Aumento se deve a incrementos nas receitas de impostos e majoração nos recursos do novo Fundeb.

Correção está garantida na Lei 11.738/2008 e em Portaria assinada pelos ministros Milton Ribeiro e Paulo Guedes, da Educação e Economia, respectivamente.

A Portaria Interministerial nº 8/09/2021 — que garante 31,3% de reajuste para o magistério em janeiro de 2022 — foi publicada no Diário Oficial da União em 25 de setembro de 2021 (sábado).

Prefeitos e governadores têm agora de cumprir. O dinheiro está garantido em várias fontes, em particular pelo aumento da complementação da União para o novo Fundeb.

De acordo com Portaria Interministerial 8/2021, o VAAF-MIN definido nacionalmente para 2021 é de R$ 4.397,91. Em relação ao VAAF-MIN anterior estabelecido pela Portaria Interministerial 3/2021 de R$ 3.755,59, houve um aumento de 17,1%. Já em comparação com o VAAF-MIN do exercício de 2020, fixado pela Portaria Interministerial 3, de 25 de novembro de 2020, em 3.349,56, o aumento do VAAF-MIN do Fundeb é de 31,3%.

    veja aqui a portaria n 8







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores

Arquivo do blog